O que é Cold Wallet – Lemon Cash

12 out 2021
'. $image_alt .'

Se você está começando no mundo crypto, é importante aprender alguns conceitos básicos para saber como e onde manter seus ativos.

Neste sentido, as hot e as cold wallets oferecem diferentes níveis de segurança para suas criptomoedas. Por isso, é fundamental que você saiba como cada uma funciona e o que muda entre elas.

No artigo de hoje, vamos explicar o que são as hot e cold wallets e indicar algumas para você escolher onde guardar suas criptomoedas. Siga a leitura!

O que é uma carteira de criptomoedas?

Uma carteira de crypto permite que você armazene, envie e receba criptomoedas. É como se fosse uma conta bancária onde você guarda seus criptoativos.

Estas carteiras são como softwares que armazemam chaves públicas e privadas que permitem que você administre todas as moedas digitais que possui, além de interagir com as redes bitcoins.

Há dois tipos de carteiras: as cold wallets e as hot wallets. as características de cada uma a seguir.

Diferenças entre hot e cold wallets

Hot Wallets

Hot wallets são carteiras conectadas à internet. Costumam ser as mais fáceis de acessar e de configurar.

Vantagens das hot wallets

São de uso mais simples. Ideais para ter acesso a seus ativos e para realizar operações, já que estão online e são de uso liberado.

Desvantagens das hot wallets

Por definição, este tipo de carteira está sempre conectada à internet. Exatamente por isso, suas criptomoedas estão igualmente em rede, e isso as deixa um pouco mais expostas.

Cold Wallets

Cold wallets são todas aquelas que não estão online. Este tipo de carteira costuma ser o mais seguro, mas não aceita a mesma variedade de criptomoedas que a maioria das hot wallets.

Também é bom considerar o fato de que os dispositivos de armazenamento desse tipo custam mais de 80 usd, ao contrário das hot wallets, que são gratuitas.

Vantagens das cold wallets

Sem dúvida, são a opção mais segura. Já que estão offline, não podem ser acessadas a qualquer momento. As cold wallets são uma boa alternativa para quem quer fazer hodl a longo prazo ou para guardar criptos que você não tenha intenção de negociar brevemente.

Desvantagens das cold wallets

Como citamos antes, elas custam dinheiro (mais de 80 usd) e não são indicadas para transações rápidas ou regulares, já que pedem passos adicionais para realizar as transações. Além disso, demandam mais responsabilidade de parte dos usuários, principalmente em relação à configuração.

Tipos de cold wallets

Há diferentes tipos de cold wallets. Podemos encontrar:

  • carteiras de hardware (hardware wallets);
  • carteiras de papel (paper wallets);
  • carteiras para computador (desktop wallets);
  • carteiras para smartphones (mobile wallets);
  • carteiras online (web wallets).

Entre elas, dois modelos se destacam, as hardware wallets e as paper wallets. Confira seus detalhes:

Hardware wallet

Costumam ser encontradas sob formato de dispositivos USB, usados para armazenar chaves privadas. Para guardar suas crypto nelas, você precisa enviar seus ativos de uma hot wallet diretamente para o address público da hardware wallet.

Quando alguém quer mandar criptomoedas de uma hardware wallet para outra pessoa ou exchange, precisa conectar-se à internet mediante o software indicado pelo fabricante.

A transação é validada ao ‘assinar’ com a chave privada pessoal. É por isso que, quando falamos da versão cold, as transações também precisam ser assinadas offline.

Uma das hardware wallets mais populares é a Trezor.

Paper Wallet

Aqui, encontramos carteiras de papel, que contêm o endereço da wallet e uma chave privada. Sem essa chave, é impossível ter acesso às criptomoedas.

É fundamental manter esse tipo de wallet em um lugar seguro, que não possa ser acessado por qualquer pessoa.

Para mandar criptomoedas da paper wallet para outras, suas crypto precisam ser importadas para uma hot wallet. Isso é feito ao escanear as chaves privadas contidas na paper wallet.

Conclusão

Em função das vantagens e desvantagens de qualquer um dos tipos de carteiras crypto, o melhor costuma ser uma combinação entre as hot e as cold.

O importante é encontrar o equilíbrio entre a acessibilidade das hot wallets e a tranquilidade e segurança das cold wallets. Sobre isso, é bom saber que as hot wallets estão ficando mais seguras e, por outro lado, as cold estão deixando seu uso mais fácil.

Quem escolher manter a custódia pessoal de seus ativos costuma deixar seu patrimônio em cold wallets de hardware.

Já se você preferir usar carteiras de exchanges de criptomoedas para armazenar uma parte, ou até mesmo todos os seus ativos, assegure-se de trabalhar com entidades com reputação de seguras, além de seguir todas as suas orientações à risca.

O segredo está exatamente em encontrar a combinação que funcione melhor para você.

O armazenamento de criptomoedas, como o de qualquer ativo valioso, pede que você tome uma decisão sobre a melhor forma de manter suas criptos seguras e, ao mesmo tempo, que também seja funcional.

Você gostou do artigo?

Compartilhe!