O que é um token e que tipos existem?

Em conversas sobre criptomoedas e blockchains, é comum ouvir a palavra ‘token’. Nada mais normal, já que, tecnicamente, vários ativos criptográficos (BTC, por ex.) podem ser descritos como tokens.

Hoje, vamos explicar o que é token e quais tipos existem. Siga conosco!

Untitled design

O que é um token?

Quando alguém fala token, normalmente está se referindo a criptomoedas, como o BTC e o ETH.

Mas outros criptoativos executados em cadeias de blocos de outras cryptos, também são definidos como tokens. Como a SOLSANDALGO, etc.

De fato, no ecossistema das blockchains, qualquer ativo que possa ser transferido digitalmente entre dois usuários é chamado de token. São emitidos em uma blockchain (como a Ethereum) e, dependendo das características atribuídas ao token, têm diferentes classificações e usos.

Quais são os tipos de tokens?

Um token é uma representação de alguma outra coisa, como de um objeto (digital ou físico) ou mesmo de um conceito abstrato (um presente).

Há diversos tipos de tokens, confira:

Token de Plataforma

Os tokens de plataformas se apoiam na infraestrutura das blockchains para permitir que dApps (aplicativos descentralizados) sejam usados para os mais diversos fins.

Para dar um exemplo, podemos citar a DAI, uma stablecoin lastreada em dólares americanos. A DAI é emitida pela MakerDAO e está hospedada na blockchain da Ethereum.

Os tokens de plataforma têm o benefício de estarem garantidos pelas blockchains onde rodam.

Isso acaba entregando mais segurança e habilidade para suportar atividades transacionais, ou seja, processos automatizados com códigos autoexecutáveis, como o smart contract da DAI.

Este tipo de token serve para os mais diversos usos, como gamming ou mesmo como ativos criptográficos colecionáveis.

Você também já deve ter ouvido falar nos tokens ERC-20. Quando falamos de contratos inteligentes, os ERC-20 são os tokens usados em sua criação.  ERC-20 é um tipo de linguagem universal que se usa na plataforma Ethereum e que habilita a negociação entre um token e outros.

Token de Segurança

Também conhecido como token de autenticação ou token criptográfico, é um dispositivo físico, um periférico que se conecta a um computador.

Um token de segurança funciona como se fosse uma chave, que pode ser usada em combinação com uma senha ou no lugar dela.

Basicamente, é um dispositivo portátil que valida sua identidade eletrônica, ao armazenar alguns tipos de informações pessoais.

Os tokens de segurança usam um sistema blockchain e uma base de dados descentralizada para manter o seguimento de quem é o dono de um determinado ativo.

Token Transacionais

Os tokens transacionais são precisamente os usados para as transações. Servem como unidades de valor e podem ser trocados por bens e serviços.

Na maioria dos casos, esse tipo de token funciona como o dinheiro tradicional.

Mas eles também têm outras vantagens. Por exemplo, quando usados como criptoativos descentralizados, como o ETH ou DAI. Neste caso, os usuários podem realizar transações sem que seja necessária a presença de uma entidade intermediadora (bancos ou instituições financeiras).

Token de Utilidade

Os tokens de utilidade são os integrados a um protocolo que já existe e permitem que seus serviços sejam usados.

Não são criados com o objetivo final de servir como investimento, da mesma forma que outros, mas também podem ser usados para o pagamento de serviços dentro dos sistemas onde estão hospedados.

Por exemplo, no jogo Axie Infinity, o token de utilidade é o SLP (smooth love portion) e serve para pagar por novos Axies, pelo breeding (reprodução) ou para melhorias nos Axies que um usuário já possua.

Tokens de utilidade também são emitidos para financiar o desenvolvimento de uma plataforma de criptomoedas e, posteriormente, podem ser usados para pagar bens ou serviços oferecidos pelo emissor da crypto em questão.

Tokens de Governança

Protocolos descentralizados estão em plena fase de proliferação e desenvolvimento, então, eles precisam de mecanismos de tomada de decisão, principalmente em relação às questões mais críticas.

Neste sentido, os tokens de governança permitem que qualquer pessoa que os tenha em sua carteira participe das votações relacionadas a seu ecossistema.

Por exemplo, no protocolo Maker, o token de governança é o MKR, e aproveitando o exemplo do Axie Infinity, seu token de governança é o AXL (axie infinity shards). Já na Decentraland, o MANA cumpre essa função.

Token Ring

Token ring é um protocolo criado na década de 80 pela IBM.

Em uma rede token ring, a existência de um token (um tipo de configuração específica de bits) no fluxo de transmissão da circulação contínua de dados permite que algum dos dispositivos que participem desta network consigam mudar a configuração dos bits e ponham uma mensagem no seu lugar.

Na outra ponta, o receptor da mensagem, que está em outro ‘lugar’ da rede token ring, elimina a mensagem e reconfigura os bits (devolvendo o token) para que outro usuário use esse ‘espaço de mensagens’.

Token de programação

Este tipo de token é um componente básico de códigos-fontes.

Neste sentido, seus caracteres estão organizados de acordo com uma das cinco classes que compiladores (softwares) usam para reconhecer suas funções, tais como:

  • identificadores;
  • constantes numéricas;
  • cadeias de caracteres,
  • palavras reservadas;
  • operadores;
  • separadores.

Em smart contracts, por exemplo, são usados operadores como if, when, then (se, quando, então) para que seus códigos sejam automaticamente executados.

Qual é o propósito dos tokens?

A maioria dos tokens do mundo cripto existe para uso em aplicações descentralizadas.

Quando os desenvolvedores estão criando um token, podem decidir quantas unidades vão criar, e para onde serão enviadas quando forem criadas.

Além disso, eles ‘pagam’ uma parte das criptomoedas nativas da blockchain na qual o token for criado. Uma vez que ‘existam’, costumam ser usados para ativar as funções da aplicação para a qual foram concebidos.

De fato, os tokens podem ser criados para propósitos completamente diferentes: representar algo físico, ser usado como investimento, como reserva de valor ou mesmo para fazer compras usando seu cartão Lemon Cash, que muito em breve estará disponível no Brasil!

Continue acompanhando nossa wiki para entender tudo sobre o mundo crypto, seus detalhes, conceitos e tudo o que é preciso saber para operar com a tranquilidade de quem está por dentro da revolução blockchain!